terça-feira, 23 de agosto de 2016

Bate Papo com Leoni


Metade das menininhas da cidade já deve ter externado “minha música” quando percebia os primeiros acordes de “Garotos II”, uma das composições do Leoni mais tocada no Brasil.
Não foi diferente quando ele começou a dedilhar durante sua participação no Salão do Livro do Piauí realizado no mês de junho. Leoni veio falar sobre música e poesia, inspirações para suas composições e outras coisitas más. 

O bate papo foi mediado pelo carioca quase teresinense, Gustavo Lacombe, um sucesso entre as 9vinhas. O cara tem carisma!! Ainda fez uma fezinha com nossos queridos poetas da Validuaté. Lacombe não só indicou a banda piauiense ao Leoni como convidou o Thiago E para recitar um dos seus poemas no palco.


Bate Papo conduzido pelo Lacombe. Imagem: Divulgação


Assim que teve oportunidade, Leoni publicou em sua página oficial o trabalho do Thiago. Já está passando da hora dessa galera massa ter repercussão nacional né???

Por motivos de avoamento, não fiz meu credenciamento como imprensa, não fiz inscrição para o Língua Viva e nem dei aquela antiética carteirada com as colegagens. Fiquei na fila esperando a  vez de entrar e graças a Deus não caiu nenhum órgão do meu corpo por isso!

Leoni lembra meu ensino médio e o inicio da graduação em Comunicação. Como toda aluna que não estuda, eu só pensava em ostentação das solenidades de formatura. “Fotografias” seria música certa durante as homenagens.
No segundo período eu continuei sem estudar direito. Mas a ideia de formatura ostentação foi superada por viagens. Inclusive, minha turma é a única de todo o curso que sequer tem uma placa nas paredes da instituição!!!

Há também aquela dupla sertaneja que fez todos fecharem aos olhos e sussurrar "Noite e dias se completam, o nosso amor e ódio eterno". Música do Ex-Kid Abelha viu?
Aliás, acho uma sacanagem apresentarem o ex-Kid Abelha dessa forma. Ele tem tanto a oferecer...

Mas voltemos ao bate papo no Salipi! Leoni, disse que o sonho dele é ter uma assessoria. Acha chique. (eu sempre vou rir quando lembrar disso)
O cara tem mais de trinta anos de carreira no que ele realmente gosta, já pegou Paula Toller (quem não quer?), ativista social e político, mas se permite ser exatamente quem ele é. Para MIM, isso é sucesso!!
Se falta uma assessoria, não é por falta de sucesso... Inclusive, aproveitei o papo para entregar meu cartão porque ele foi bem caro e tem que se distribuído por ai... #risos

Flalrreta. I'm Relações-Públicas. Aqui meu cartão :)


Durante o bate papo não fiz nenhuma intervenção. Mas durante os autógrafos, me segurei para não perguntar como se deu a relação Leoni-Paula-Herbet Viana. Mas ai seria fuxico né?
Foco nas composições!

Juro como não sabia que “canção para quando você voltar” já estava sendo composta quando ocorreu o acidente com Herbert Vianna. Leoni confessou que os dois já estavam rabiscando a letra quando o amigo foi passear com a família e a tragédia aconteceu. Como se fosse um sinal para que ela parecesse providencial.

Enquanto Vianna estava no hospital, Leoni cuidava dos filhos do casal e tentava finalizar a letra. “Foi difícil pra caramba porque era impossível segurar as lágrimas. Eu só acreditava que ele ia voltar e faríamos a música juntos”, declarou.

Herbert voltou. Mas nós sabemos das limitações dessa volta. A música é realmente muito forte. Para quem não conhece, confira aqui que vale a pena.

Outra declaração surpreendente foi em relação à música Como eu quero.
“Essa música é extremamente fascista. A melodia dela faz um romance sem fim, mas é altamente fascista e autoritária”. Eu ri

Achei interessante o fato de Leoni está sempre em atividade. Mudar de religião com frequência passou a ser uma nova forma de experimentação da vida. Se isso faz bem à alma e ao espírito, não vejo problemas. Melhor que destratar e matar os outros em nome de Deus (ou Alá).

Leoni confessa que o próximo objetivo é cursar letras, pois pretende ser professor. Que coisa linda!! Como não amar?
Ele recebeu fãs e admiradores após o bate papo. Na oportunidade, autografou seu primeiro livro de poesias, "A Margarida Mostrando seus dentes".

Não tive nenhum motivo para fotografar com um sorriso discreto 


Sobre ideologias políticas, independente do lado que você samba, acho válido reforçar o que ele diz “O ativismo é o que te mantém vivo”. E eu penso da mesma forma. Não sinto nenhum prazer em ser bibelô. Se fosse pra ser pacífica Deus teria me feito oceano né não?

Então é isso, beijos!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
imagem-logo

Ultimas do Instagram